09
mar
15

A fase de transição do Manchester United

O desafio de Van Gaal: manter o legado do Manchester United de vencedor (foto: espnfc.com)

O desafio de Van Gaal: manter o legado do Manchester United de vencedor (foto: espnfc.com)

Não está sendo fácil essas últimas duas temporadas para o torcedor do Manchester United. Para quem se acostumou a brigar por títulos todo ano, participar de competições internacionais, é um pouco difícil ver o time brigar apenas por uma vaga na Champions League e não conseguir avançar para as finais das Copas. Mas o torcedor deve ter calma, isso é só um período de transição.

Algo incomum aconteceu no Manchester United. Um técnico ficou no cargo por vinte e sete anos. O único que chega perto disso é Arsene Wenger, do Arsenal, que está há quase dezenove anos no cargo, que também é muito tempo. Quem foi dono desse feito foi Sir Alex Ferguson, o escocês que é considerado o maior técnico da Inglaterra. Quando ele assumiu o cargo, o United tinha apenas sete títulos do campeonato inglês. O treinador transformou a equipe em uma máquina de conquistar títulos e quando saiu, em 2013, deixou o clube com vinte títulos ingleses. Fora ainda títulos continentais e mundiais.

Mas, alguma hora Fergunson tinha que deixar o cargo, porque ele não tem o mesmo pique pra comandar um time para sempre. A primeira escolha de substituto foi David Moyes, também escocês que treinava o Everton. Uma trágica passagem. Um time que brilhou na última temporada com Ferguson, se transformou em um time sem criatividade que chegava a cruzar quase sessenta bolas na área em uma partida. O único feito que Moyes pode se orgulhar foi fazer frente ao ótimo Bayern de Munique. A equipe comandado por Guardiola teve grandes dificuldades de eliminar os ingleses pelas quartas de finais da Uefa Champions League de 2013/14. Foi demitido antes da temporada acabar.

Para esse novo ano, a diretoria dos diabos vermelhos contratou Louis Van Gaal, o experiente técnico holandês. E diferente de outros anos, o dinheiro para contratações foi praticamente ilimitado. Chegou para a atual temporada Angel Di Maria, um dos grandes jogadores do Real Madrid, Radamel Falcão Garcia, Marco Rojo, Blind, Luke Shaw, entre outros. Mas mesmo assim, não é um time que empolga e depois da eliminação para o Arsenal, em casa, pela FA Cup, acabou todos os sonhos de títulos para essa temporada. A luta agora é para chegar a Liga dos Campeões.

Isso acontece por um simples motivo, fase de adaptação. Não é normal um técnico ficar tanto tempo num único time. As coisas no Manchester deviam funcionar por inércia, todos sabiam o que Ferguson ia fazer nos treinamentos, nos jogos e preleções. Todos do clube estão se adaptando a nova realidade do clube, principalmente jogadores que já eram do elenco, como De Gea, Carrick, Valencia e Rooney.

Porém, essa não é a única desculpa do time estar jogando mal nessa temporada. Por mais que Van Gaal esteja tentando implementar novos esquemas táticos, a equipe ainda não tem um rendimento esperado pela qualidade individual dos jogadores. Não pode colocar um grande atacante como Rooney para jogar como volante. Sabemos que o camisa 10 é esforçado, mas desse jeito mata as melhores características do atleta. Além de contar com a adaptação de jogadores como Di Maria e Blind, que não estão rendendo tudo que podem.

Quem pode ajudar muito o técnico nesse momento é seu assistente, Ryan Giggs. Até temporada passada, a lenda do Manchester fazia parte do elenco e sabe como fazer cada jogador render mais. O gales é peça fundamental para a fase de transição do time. Sabe em que zonas o time é mais deficiente, além de fazer o meio campo entre atletas e comissão técnica.

O torcedor vai ter que ter paciência com o time. Quando Ferguson assumiu, ele demorou seis anos até conquistar o primeiro título. Van Gaal é um grande técnico e tem um currículo invejável. Claro que agora, o investimento é mais alto que em 1986. A pressão pra cima do holandês até o final da temporada e o ano que vem vai ser cada vez maior.


0 Responses to “A fase de transição do Manchester United”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Categorias

Gabriel Mecca

Mecca Esportes
Para ficar por dentro do que acontece nos esportes no Brasil e no Mundo.

Número de Visitas

  • 161,764 hits

Me segue no twitter

RSS Ocasional

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Ocioso


%d blogueiros gostam disto: