25
jun
14

França e Suíça se classificam no grupo E

Shaqiri foi o cara dessa rodada no grupo E (foto:ESPN)

Shaqiri foi o cara dessa rodada no grupo E (foto:ESPN)

Foram definidos os dois classificados do grupo E da Copa do Mundo 2014. Praticamente cumprindo tabela, a França jogou com o desesperado Equador no Maracanã. Os dois times empataram em 0 a 0 e os europeus fecharam na liderança do grupo. No outro jogo da chave, a Suíça não teve piedade de Honduras e aplicou 3 a 0, com direito a um hat-trick de Shaqiri. Os dois times europeus da chave se classificaram, o que é um feito e tanto nessa copa. Todos os detalhes dos jogos estão abaixo.

Começando os trabalhos com França e Equador. Os franceses entraram com uma equipe mista, poupando os dois laterais, os zagueiros e o principal armador do time, Valbuena. O Equador precisava da vitória para se garantir nas oitavas de final. Se classificasse, a Copa do Mundo iria ter todos os times sul-americanos na fase de mata-mata. O Maracanã é um grande palco, mas não os times não colocaram todo seu futebol em campo. O primeiro tempo foi bem truncado com poucas chances de gol. A França tentou uma pressão inicial com três boas finalizações de Matuidi, Griezmann e Benzema, mas todas pararam no goleio ou foram para fora. Como o time europeu já estava classificado, o relaxamento tomou conta do time a maior parte da primeira etapa, que trocava muitos passes e poucos lances criativos. O Equador aproveitou o incomodo francês mais no final da primeira etapa, quando Enner Valencia ganhou da zaga e cabeceou firma para o chão, obrigando o goleiro Llorris fazer uma difícil defesa. Outra boa decida no ataque equatoriano, a finalização saiu longe do gol.

A atitude dos franceses com certeza não agradou o técnico Deschamps, que mudou a postura da equipe. Prova disso foi a primeira jogada do segundo tempo. Logo no primeiro minuto, Griezmann desviou cruzamento de Sissoko e a bola foi no travessão. O que realmente ajudou os europeus a comandarem o jogo foi a expulsão de Antonio Valencia. Chegou pisando a perna do marcador francês e foi expulso. Lance duvidoso e está no mesmo nível de interpretação do lance de Marcissio. Com um a mais, a França praticamente dominou o jogo e permaneceu no ataque. Mas a falta de pontaria foi algo que atrapalhou, diferente dos outros jogos. Benzema, Griezmann, Matuidi, Pogba e até Giroud, que entrou no decorrer do jogo, não venceram o goleiro equatoriano, que fechou o gol. O Equador assustava nos contra ataques. Como a França estava no modo “ultraofensivo”, havia muitos espaços para ataques velozes. Mas, do mesmo mal que a França sofreu, o Equador também sofreu: falta de pontaria. O jogo acabou zerado, mas com a comissão técnica de Deschamps celebrando muito. Classificados em primeiro lugar depois da fatídica eliminação na Copa de 2010.

Enquanto a bola rolava no Rio de Janeiro, Suíça e Honduras duelavam em Manaus. Os latino-americanos jogavam para cumprir tabela e tentar sair com honra do mundial. Não foi o que aconteceu e a Suíça passou o trator. Aplicou um sonoro 3 a 0 com três gols do então sumido Shaqiri. Detalhe muito importante de se destacar, a humidade do ar no estádio estava em 90% (baita de um calor!!!). Sobre o jogo, a Suíça começou melhor, apertando a zaga de Honduras, principalmente em cima do defensor Victor Bernadez. Os europeus tiveram duas chances, as duas com o meia do Bayern. A primeira foi bloqueado pelo goleiro. A segunda, mandou uma patada de fora da área e abriu o placar, 1 a 0. Honduras começou a sair para o jogo e controlar a posse de bola. Na caso dos vinte minutos, a posse de bola era do nível Barcelona. Mas quem criava as melhores chances ainda eram os suíços. Drmic recebeu um bolão de Inler. O jogador deixou a bola para Shaqiri completar para o gol, 2 a 0.

O segundo tempo continuou muito parecido com o primeiro: Honduras controlava melhor a posse de bola, mas dessa vez, os latino-americanos criaram chances de gol. Bengston criou duas ótimas chances de marcar. A primeira de cabeça e a segunda num belo lance, que ele driblou o goleiro Benaglio, mas o zagueiro tirou a bola em cima da linha. Parece que as chances perdidas acordaram os suíços, que começaram a atacar e criaram chances de gol com o baixinho Shaqiri. Drmic fez boa jogada pela ponta e mais uma vez serviu o artilheiro do jogo para fazer mais um, 3 a 0. Os suíços tiveram chances de ampliar, mas não foram tão felizes quanto o jogador do Bayern.

Com esses resultados, a França fecha o grupo na liderança e pegará a Nigéria nas oitavas de final. A Suíça terá um pedreira pela frente. Pegará a Argentina, do embalado Lionel Messi. Belos jogos para a próxima fase do torneio.


0 Responses to “França e Suíça se classificam no grupo E”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Categorias

Gabriel Mecca

Mecca Esportes
Para ficar por dentro do que acontece nos esportes no Brasil e no Mundo.

Número de Visitas

  • 161,756 hits

Me segue no twitter

RSS Ocasional

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Ocioso


%d blogueiros gostam disto: