11
mar
13

Clássico zerado e vitórias suadas

Corinthians sofre com forte chuva de São Paulo

Corinthians sofre com forte chuva de São Paulo

Nesse final de semana aconteceu mais uma rodada do campeonato paulista. Como o próprio título diz, a rodada foi marcada pelo clássico entre São Paulo e Palmeiras, que acabou zerado no Morumbi. Aliás, mais um clássico no paulistão que acabou sem gols. Já Corinthians e Santos venceram e com apertos. Mesmo jogando em casa, o Corinthians venceu por 3 a 2, e o Santos venceu por 2 a 1, sem Neymar. Tudo sobre a rodada abaixo.

Começando pelo o Corinthians, que começou o jogo com uma grande reclamação. O calendário. O time alvinegro chegou do México na sexta, e teve que jogar no sábado. Um problema que já deveria ser resolvido pela CBF e pela FPF. Já dentro de campo, que parecia mais um lago, porque chovia demais durante o jogo. E com o problema da Libertadores, TIte poupou alguns titulares. Assim, o meio campo ficou mais lento e com dificuldade na transição. Mas os problemas não atrapalharam a busca de gols. Aos 16 minutos, Romarinho achou Emerson, que fez bom cruzamento para Edenilson marcar. Mas o Ituano estava bem postado em campo, e não facilitou a vida do timão. Seis minutos depois, Felipe Gabriel cruzou na medida para Claber cabecear forte para o gol. O time de Itu seguia melhor em campo, e chegando mais ao ataque. Mas o Corinthians foi premiado com uma bola parada. Guilherme acertou um chutaço e marcou um golaço, 2 a 1. Mas mesmo assim, a equipe do interior era melhor e empatou rapidamente. Luciano recebeu com liberdade e chutou no cantinho do gol, 2 a 2. No segundo tempo, o Ituano voltou mais acuado, e buscando mais os contra ataques. Mas mesmo assim, o timão não tinha criatividade. Até que Tite chamou Pato, único titular relacionado. O camisa 7 entrou e desequilibrou. Criou, quase marcou e sofreu o pênalti que poderia matar o jogo. Mas Emerson perdeu, como perdeu contra o Oeste. Mas por sorte, Felipe marcou na cobrança de escanteio que sucedeu o pênalti. Vitória sofrida, mas pra quem não vencia há cinco jogos, tá ótimo.

No clássico entre São Paulo e Palmeiras, no Morumbi, a partida não saiu do zero. Mais um clássico no Morumbi que termina assim. O São Paulo poupou alguns titulares por causa do jogo da Libertadores no meio de semana. Sobre o jogo, que teve um primeiro tempo truncado e com poucas chances de gol. Luis Fabiano teve a chance de abrir o placar, mas parou em Prass. A única chance clara de gol do Palmeiras veio num chute de fora de márcio Araújo. Valdivia e Ganso apagados em campo, deram pouca movimentação para seus ataques. Diferentemente na segunda etapa. No intervalo, Kleina colocou Patrik Vieira no lugar de Charles. Meio de campo ficou mais rápido, e Valdivia teve melhor atuação. Ganso poderia melhorar, se Lucio não fosse expulso e ele fosse sacado para Jadson entrar. Palmeiras criou mais, mas a falta de pontaria prejudicou a equipe alviverde. Ney Franco decidiu mexer no time e colocou Osvaldo. O Palmeiras ia muito ao ataque, e ficava exposto ao contra golpe. Jadson e Osvaldo assustaram Prass, que fez grandes defesas. Empate sem gols. O Palmeiras completa três jogos sem marcar. E o tricolor tem que melhorar para vencer fora de casa na Libertadores.

Prass e Luis Fabiano discutem no clássico

Prass e Luis Fabiano discutem no clássico

Não foi uma belíssima atuação, mas foi o suficiente para o Santos vencer por 2 a 1 o Atlético Sorocaba. Mais uma vez sem Neymar, suspenso, a equipe não foi tão criativa, mas teve jogadores que são fundamentais no time, que podem ajudar com ou sem o astro santista. Um deles é Arouca, que fez boa jogada, limpou o goleiro e cruzou para Montillo empurrar para rede e marcar seu primeiro gol com a camisa do Santos. Mas o Atlético não se encolheu, pelo contrário, foi para cima da equipe alvinegra e dando trabalho para Rafael, que teve um susto aos 17 minutos, quando Carlinhos invadiu a área e chutou por cima. O time da casa (o Atlético) ia para cima. E o Santos com a falta de criatividade de Giva. Carlinhos e Tiago Marques sempre assustando com chutes de fora da área. Mas outro jogador que pode ser importante para o Santos apareceu. Cicero fez boa jogada individual e cruzou para André marcar no final do primeiro tempo. No segundo tempo, os mandantes fizeram o favor de botar fogo no jogo. Logo aos três minutos, Tiago Marques saiu na cara do gol, e com apenas uma cavadinha deu confiança ao time. Mas Muricy acertou o time taticamente e conseguiu controlar o jogo. Principalmente, após a entrada de Patito Rodriguez, que segurou muito bem a bola no campo ofensivo. A equipe santista conseguiu uma boa vitória fora de casa.

Com esses resultados, todos os grandes voltam a estar no G8, mas lembrando que Palmeiras e São Paulo tem jogos a menos. O verdão fica igual aos demais no meio de semana, quando enfrenta o Paulista. Corinthians e São Paulo entram em campo pela Libertadores no meio de semana. Jogos de extrema importância para ambos. O Santos descansa e só volta a campo no sábado.


0 Responses to “Clássico zerado e vitórias suadas”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Categorias

Gabriel Mecca

Mecca Esportes
Para ficar por dentro do que acontece nos esportes no Brasil e no Mundo.

Número de Visitas

  • 161,765 hits

Me segue no twitter

RSS Ocasional

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Ocioso


%d blogueiros gostam disto: