10
jun
12

Se não fosse o Messi, dava para vencer

Mais um confronto entre os dois, e mais uma vez Messi venceu

Enquanto rola a euro copa, a seleção brasileira se prepara para a olimpíadas de Londres. E a última etapa desta preparação foi a partida contra a Argentina em Nova Jersey. O Brasil não mostrou o mesmo futebol da partida contra o México, melhorou. Mas tem um jogador, cujo o nome é Messi, que faz toda a diferença. O jogo acabou 4 a 3 para a Argentina, com três gols do meia do Barcelona. Graças aos deuses do futebol, eles não jogam as olimpíadas.

O jogo começou rápido, com as duas equipes buscando um jogo ofensivo. A primeira investida da nossa seleção aconteceu aos dez minutos, quando Neymar recebeu e da entrada da área chutou perto do gol. A resposta da Argentina foi rápida, poucos minutos depois, Di Maria  fez bom toque para Messi, que na hora da conclusão foi travado. Aos 16 minutos foi a vez de Hulk perder um gol, após bom passe de Oscar, o atacante mandou por cima do gol. O Brasil era melhor em campo, e provou isso aos 21 minutos, quando o craque do Santos cobrou bem a falta, achando Rômulo na área, e o volante soltou uma bomba para abrir o placar, 1 a 0. O Brasil estava melhor, e Neymar também, e teve duas chances de provar isso, a primeira, Rômulo deu bom passe para o camisa 11, que limpou o goleiro e foi empurrado, pênalti não marcado. A segunda chance, após limpar os zagueiros argentinos, ele se atrapalhou com a bola e não marcou. Aí o camisa 10 da Argentina apareceu. Primeiro, Sandro vacilou e perdeu a bola no meio campo, Higuaín recebeu e deu belo passe para Messi chutar na saída do goleiro. Logo em seguida, Messi tabelou com Di Maria e ainda limpou o goleiro Rafael antes de marcar, 2 a 1 em cinco minutos. Hulk até teve a chance de empatar o jogo no final da primeira etapa, mas Romero defendeu.

No 2º tempo, o jogo continuou com a mesma cara, o Brasil buscando o jogo e a Argentina esperando algum erro brasileiro. Hulk, que estava louco para marcar tentou mais uma vez, mas a bomba passou por cima. A Argentina teve a chance de ampliar com Higuaín, mas Rafael salvou a seleção. Aos 10 minutos, o Brasil empatou o jogo. Os dois jogadores do Inter, Oscar e Damião, tabelaram e o camisa 10 saiu na cara do gol e empatou o jogo. Mas, devido a uma pancada na barriga e saiu para a entrada de Giuliano. Depois do gol, a nossa seleção cresceu de novo, e conseguiu a virada aos 26 minutos. Neymar cobrou escanteio e  goleiro Romero falhou, e Hulk aproveitou e colocou a bola na rede. Mas não deu tempo para comemorar, porque aos 30 minutos, Messi cobrou escanteio e Fernández cabeceou para o gol, 3 a 3. Neymar ainda teve a chance de se consagrar, mas Fernández tirou o gol com um carrinho. Quem se consagrou mesmo foi Messi, que aos 39 minutos acertou um foguete no ângulo de Rafael, sem chances de defesa. 4 a 3 e fim de papo. Nos acréscimos, Marcelo e Lavezzi se desentenderam e ambos foi expulso. Pra mim Marcelo mal expulso.

Após este jogo, se encerra os amistosos preparatórios para as Olimpíadas. Claro que esse time é para Londres, porque em alguns setores, a experiencia de alguns jogadores conta. Mas o caminho para a seleção ficar boa é esse. Para Londres, o time está bem.


0 Responses to “Se não fosse o Messi, dava para vencer”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Categorias

Gabriel Mecca

Mecca Esportes
Para ficar por dentro do que acontece nos esportes no Brasil e no Mundo.

Número de Visitas

  • 161,765 hits

Me segue no twitter

RSS Ocasional

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Ocioso


%d blogueiros gostam disto: