20
maio
12

Com emoção apenas no final, Chelsea conquista a Champions

Time comemora primeiro título europeu do clube

Não foi a melhor final de Liga dos Campeões, com várias chances de gol, arbitragem polêmica, confusão entre jogadores. Mas foi uma final onde dois nomes se destacaram e estão na história: Drogba e Cech. Eles ajudaram o time no momento que mais se precisou, segurou o empate por 1 a 1, e nos pênaltis vitória por 4 a 3. Robben que poderia ser o destaque positivo do jogo, se tornou vilão no final das contas. E um grande destaque vai para o estádio Allianz Arena, que estava muito bonito na noite de ontem (noite no horário do jogo na Europa).

Sobre a partida, o Chelsea usou da mesma estratégia do jogo contra o Barcelona. Fechado e apostando nos contra ataques. Já o Bayern, jogando em casa, se viu na obrigação de ir para cima, e foi isso que fez. Aos 4 minutos, Kroos arriscou de fora da área, e a bola passou perto do gol. Bertrand foi a novidade na escalação dos blues, mas não demonstrou muito seu futebol. O Bayern tinha domínio sobre a posse de bola, e jogava com pelo menos nove no ataque. Chegou a assustar Cech aos 12 minutos, num cabeceio de Mario Gomez. Mas a melhor chance veio aos 21 minutos, quando Robben fez bela jogada individual e chutou rasteiro, mas Cech defendeu com os pés e a bola beijou a trave. Os bávaros continuaram no ataque, mas chutando pouco ao gol, mas dominavam a posse de bola. A primeira chance clara de gol pro Chelsea veio apenas numa cobrança de falta de Mata, que foi pra fora. Logo depois, Kalou chutou no gol, mas bem fraco. No final da primeira etapa, Gomez teve ótima chance de marcar, mas após limpar Cahil, o camisa 33 chutou pra fora.

No 2º tempo, o Bayern continuou na pressão do ataque, mas com bem menos intensidade, e com menos chutes. Logo no início, Ribéry passou muito bem por Bosingwa, cruzou, mas Mario Gomez não conseguiu chegar na bola. Aos 8 minutos, a torcida do Chelsea levou um grande susto, Robben chutou da entrada da área, a bola desviou em Cole e Ribéry mandou pra rede, mas o francês estava impedido. Os inglese chegaram mais ao ataque no segundo, após cruzamento de Cole, Neuer saiu mal do gol, e Drogba finalizou, mas o chute saiu fraco e o goleiro alemão se recuperou. Quando tudo levava para um 0 a 0e prorrogação, aos 38 minutos, Kroos recebeu no bico da área e lançou Muller, que numa cabeçada perfeita abriu o placar, 1 a 0 e explosão bávara. Mas nem deu tempo para comemorar, porque o Chelsea, quando parecia morto, empatou aos 43 minutos. Mata cobrou escanteio e Drogba mandou uma tijolada para o gol, 1 a 1. Jogo vai para a prorrogação.

O time de Munique já tinha passado por isso na semi contra o Real, e já sabia o que tinha que fazer para evitar as penalidades, pressão no início. Logo aos 3 minutos, Drogba derrubou Ribéry na área e cometeu pênalti. Robben foi para a cobrança e perdeu, Cech defendeu. O camisa 10 já havia perdido contra o Borussia no campeonato alemão. O Bayern voltou a pressionar no segundo tempo, onde teve suas chances claras de gol, a primeira quando Lahn cruzou, e Olic, que entrou no lugar de Ribéry que sentiu cãibras, tocou para Van Buyten que não acompanhou a jogada. A segunda foi após bate e rebate na área, a bola desviou em Gomez, o gol tava livre e David Luiz tirou. A decisão foi para os pênaltis.

Schweinsteiger inconformado pelo título perdido

Nas cobranças, Lahn foi o primeiro e acertou. Mata para o Chelsea perdeu, Neue fez a defesa. Gomez e Neuer cobraram e acertaram. David Luiz e Lampard também converteram. Mas Olic cobrou e Cech pegou. Cole fez e empatou o jogo. Na última cobrança, Schweinsteiger cobrou e a bola foi na trave, o alemão ficou inconformado. Drogba bateu o último pênalti e deu o título ao Chelsea.

Os blues conquistaram o campeonato pela primeira vez, e o Bayern se tornou o maior vice da história, esta foi a quinta final perdida. A Liga dos Campeões premiou o time mais guerreiro do torneio, mas se o Bayern vencesse não ia ser injusto.


1 Response to “Com emoção apenas no final, Chelsea conquista a Champions”


  1. 23/05/2012 às 11:34

    Quem diria que o Chelsea iria ganhar esta edição da Liga dos Campeões! Há quem diga que não foi justo, mas o que fica para a história é a vitória (a primeira) do Chelsea nesta grande competição.. e por isso estão de parabéns!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Categorias

Gabriel Mecca

Mecca Esportes
Para ficar por dentro do que acontece nos esportes no Brasil e no Mundo.

Número de Visitas

  • 161,765 hits

Me segue no twitter

RSS Ocasional

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Ocioso


%d blogueiros gostam disto: