25
jul
11

O tropeço dos paulistas

participativo, Dagoberto foi o garçom do São Paulo

Neste final de semana aconteceu 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, que foi marcado pelo tropeço dos times paulistas. O Corinthians perdeu a primeira em casa, o Palmeiras perdeu fora para o Fluminense, e o São Paulo só empatou contra o Atlético GO na estréia de Adilson Batista. Mas a tabela pouco se modificou com esses resultados.

São Paulo 2 vs 2 Atlético GO

No sábado, o São Paulo pegou o Atlético GO em casa, a partida marcava a estréia de Adilson Batista no comando tricolor. Mas time só empatou contra o Atlético, péssimo resultado dentro de casa. Sobre o jogo, o São Paulo dominou a partida, para provar logo aos 9 minutos, Dagoberto cruzou para Rhodolfo cabecear para o gol, 1 a 0. Mas a partida continuou igual, São Paulo com posse de bola, e o Atlético fechado na zaga para buscar o contra ataque. Com a forte marcação, o São Paulo criou pouco, quem buscava mais o jogo era Dagoberto, que arriscou duas vezes, ambas para fora. Mas os visitantes não estavam mortos. Em uma subida, que parecia nada perigosa, a zaga são paulina falhou, e viu Bida surgir nas costas de Xandão, livre ele empatou, 1 a 1 aos 44 minutos.

No 2º tempo, o São Paulo voltou bem melhor, e conseguiu ampliar logo no início. Aos 9 minutos, Dagoberto cruzou para Rivaldo testar no canto do goleiro Márcio, 2 a 1. O São Paulo continuou na pressão, primeiro com Wellington, num bom chute rasteiro. Segundo com Rivaldo, que livre, chutou por cima do gol. Mas aos 24 minutos outro vacilo são paulino, agora Anselmo apareceu nas costas da zaga e cabeceou no contra pé de Rogério, 2 a 2. Adilson mexeu na equipe, colocando Fernandinho no lugar de Carlinhos. O tricolor foi pra pressão, mas falhou nas finalizações, a principal com Fernandinho aos 48 minutos, após fazer fila, o camisa 12 chutou e Marcio defendeu. Um ponto com gostinho de derrota para o São Paulo.

Fluminense 1 vs 0 Palmeiras

O Palmeiras ainda não sabe o que é vencer fora de casa. Desta vez perdeu para o Flu por 1 a 0 e jogou mal. A briga por Martinuccio parece ter influenciado os jogadores em campo. Sobre o futebol, foram poucas chances criadas. Logo aos 2 minutos, Fred cabeceou e Marcos fez grande defesa. Aos 18 minutos, foi Edinho que arriscou de longe e Marcos fez bela defesa. O Palmeiras também chegou, duas vezes com Maikon Leite, uma chutou por cima, e outra obrigou Diego Cavalieri fazer boa defesa. O resto, foi muita falta, bate boca, e bastante cartões.

No 2º tempo, o Flu dominou o jogo, logo no primeiro minuto, Marquinhos cruzou, e houve desvio na zaga, que quase matou Marcos, mas a bola foi por cima. No escanteio, Fred pegou bonito na bola, mas chutou por cima. O Flu jogava mais, e conseguiu o gol aos 25 minutos, com Marquinhos, mas o bandeira invalidou o gol de maneira equivocada. Mas aos 29 minutos, desta vez valeu, Marquinhos cabeceou e abriu o placar, 1 a 0. O Palmeiras tentava chegar, mas não acertava nenhuma finalização. A mais perigosa foi com Assunção de falta, a única que acertou na partida. No final do jogo houve até um bate boca entre Fred e Mauricio Ramos, mas não influenciou no resultado da partida, vitória do Flu.

Corinthians 0 vs 1 Cruzeiro

Fez o gol do jogo

Enfim um time venceu o Corinthians. O Cruzeiro bateu o líder do campeonato por 1 a 0. O segredo, a marcação forte e individual do Cruzeiro. O líder teve problemas para criar, e não venceu o goleiro Fábio. Sobre o jogo, Joel fez todo o time marcar, até Montillo. Quem chegou primeiro foi o Cruzeiro, Vitor recebeu, cortou Ramon e chutou para defesa de Renan. O Corinthians respondeu com Ralf aos 7 minutos, mas o voltante chutou para fora. O volante até criou uma jogada de camisa 10, deu belo passe de calcanhar para Emerson, mas livre ele chutou para fora. Emerson até tentou buscar o jogo, mas sempre que saia da área pra receber, não conseguia criar. O jogo no primeiro tempo teve poucas chances de gol, intervalo, 0 a 0.

No 2º tempo, o Corinthians buscou outra tática, os chutes de fora da área. Paulinho e Willian arriscaram, e levaram perigo ao gol de Fábio. Mas em um lance que nem o torcedor mais otimista do Cruzeiro esperava aconteceu. Wallyson roubou a bola de Ralf e de muito longe chutou e a bola entrou, 1 a 0. O Cruzeiro teve a chance de ampliar aos 14 minutos, mas o juiz não marcou o pênalti de Ramon, após colocar o braço na bola. Tite mexeu no time, colocou Alex em campo, mas o Corinthians não conseguia vencer a defesa mineira. Os chutes de longe foram a alternativa, com Ralf e Alex arriscando, Fábio estava em um dia inspirado, e evitou o gol. O jogo acabou, e o Cruzeiro derrubou o líder da competição.

Mesmo com a derrota do Corinthians, a liderança continua tranquila, pois todos os concorrentes tropeçaram na rodada. Próxima rodada acontece neste meio de semana.


0 Responses to “O tropeço dos paulistas”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Categorias

Gabriel Mecca

Mecca Esportes
Para ficar por dentro do que acontece nos esportes no Brasil e no Mundo.

Número de Visitas

  • 161,765 hits

Me segue no twitter

RSS Ocasional

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Ocioso


%d blogueiros gostam disto: