07
abr
11

Choveu gols nas quartas da Liga

Comemoração do 4º gol

Neste meio de semana, aconteceram os jogos de ida das quartas de final da Uefa Champions League. Com um destaques especiais para o alto número de gols. Se na maioria dos jogas antigamente era de 1 a 0 ou de 2 a 1, nesta temporada, são três gols de diferença. Tirando o jogo entre Chelsea e Mancheter United, o resto compensou este jogo. amos aos jogos.

Times Espanhóis

Vamos começar pelo Real, que jogou primeiro, e deu um passo importante para as semi finais, vencendo o Totthenhan por 4 a 0, bela atuação do Real. O Santiago Bernabéu estava um caldeirão, oitenta mil torcedores empurrando Real. E logo aos 4 minutos, o Real abriu o placar, após cobrança de escanteio, Adebayor, desviou de cabeça, Gomes se atrapalhou e a bola entrou, 1 a 0. Aos 9 minutos, Marcelo quase ampliou, mas a bola saiu pela linha de fundo. A vida do time de Madrid foi facilitada após a expulsão de Crouch aos 15 minutos. Mas mesmo com um a mais, o time do Real diminui o ritmo, e criava menos jogadas, buscando as jogadas aéreas. A melhor chance do Real, foi após um cabeceio de Ramos, que Adebayor tentou completar mais não chegou na bola. O time inglês mesmo com um a menos, chegou a assustar, com Van der Vaart e Bale, mas Casillas interviu muito bem.

No 2º tempo, o Real voltou melhor, e disposto a ampliar o placar. E conseguiu aos 11 minutos, em outra jogada aérea, Marcelo colocou na cabeça de Adebayor, que mandou no contra pé de Gomes, e marcou 2 a 0. Aos 20 minutos, o togolês quase fez outro, mas dessa vez, o goleiro brasileiro defendeu. Aos 26 minutos, com Real dominando o jogo, Di Maria recebeu de Ozil, limpou para esquerda e fez um golaço, 3 a 0. Após o gol, Mourinho deu ritmo de jogo para Higuaín e Kaká. Os dois buscaram jogo o tempo todo. Cristiano Ronaldo até chegou pedir para sair, mas o português Mourinho já tinha feito as três alterações. Mas ainda bem que não saiu, por que aos 42 minutos, Kaká Cruzou na medida para o camisa 7 mandar de voleio e fechar o placar, 4 a 0.

Já o Barcelona, não ficou pata trás, e mandou logo um 5 a 1, e também esta quase classificado. O Canp Nou também lotado, ajudou a equipe do Barça a fazer este grande placar. Sobre o jogo, diferente do Arsenal, o Shaktar não se fechou na defesa, e tentou ir ao ataque. Mas quem ataca, deixa espaços, e logo aos 2 minutos, Messi tocou para Iniesta abrir o placar, 1 a 0. Mas o time ucraniano foi para cima, e obrigou Valdéz fazer duas excelentes defesas, que poderiam ter mudado a história do jogo. Mas se a zaga não estava bem, o ataque estava muito bem, Messi quase marcou, após limpar três marcadores. Aos 34 minutos, quando a partida estava equilibrada, Iniesta lançou na medida para Daniel Alves, limpar o goleiro e ampliar, 2 a 0.

No 2º tempo, o Shaktar voltou um pouquinho mais fechado, mas não conseguiu impedir o gol do Barça, aos 8 minutos, em jogada ensaiada, Piqué recebeu e chutou de primeira, após o desvio, a bola entrou, 3 a 0. aos 19 minutos, em uma das poucas decidas ao ataque, o Shaktar descontou, Rakitiskiy desviou o cruzamento e fez 3 a 1. Mas logo em seguida, o Barcelona não deu bobeira para o azar, Keita recebeu, e mandou um canudo para o fundo das redes, 4 a 1. A partir daí, o Barça administrou o jogo. Os visitantes chegaram mais um vez ao ataque, mas Luiz Adriano após a finalização viu a bola bater na trave, atravessar o gol e não entrar. Mas quem marcou foi o Barça de novo, Daniel Alves cruzou e Xavi, aos 41 minutos fechou o placar na Cataluña, 5 a 1.

Times Ingleses

Voltou a boa fase

Na partida mais equilibrada das quartas, deu Manchester United em cima do Chelsea. Na reedição da final de 2008, o Manchester conseguiu vencer fora de casa, e tem uma bela vantagem para o jogo de volta. Sobre o jogo, praticamente a partida inteira o Chelsea martelou o Manchester, aos 19 minutos, Drogba teve a chance de abrir o placar, mas Van der Saar defendeu com a ponta dos dedos. Aos 24 minutos, numa das poucas decidas da partida Giggs recebeu pela esquerda, e rolou para Rooney mandar no cantinho, 1 a 0. Ainda na primeira etapa, o atacante Torres teve a chance de fazer seu primeiro gol pelos blues, mas a bola foi na trave, no rebote Lampard chutou e Evra tirou e cima da linha.

No 2º tempo, o Chelsea voltou com tudo para empatar o jogo. Aos 4 minutos, Drogba cruzou para Ramires cabecear para fora. Aos 10 minutos, após dividida com Drogba, o brasileiro Rafael sentiu uma lesão, e saiu na maca, Nani entrou em seu lugar. Após os 20 minutos, o Manchester começou a buscar os contra ataques, e Chicharito quase ampliou de cabeça, mas a bola foi para fora. Para colocar força ofensiva, Anchelotti colocou Anelka, artilheiro do time na Liga. Mas não foi ele que teve a chance, foi Torres, que após o cabeceio viu Van der Saar salvar os visitantes. O Chelsea continuou pressionando, mas a polêmica veio nos acréscimos, quando Ramires foi derrubado dentro da área. Mas não foi o suficiente, pois o Manchester está com a vantagem.

Times Italianos

Júlio César teve pesadelos com esse cara

Vamos falar do último time italiano vivo na competição. Mas quem pensou que a Inter ia vir embalada da virada pra cima do Bayern, se enganou. O Schalke vingou todos os alemães na Allianz Arena e fez 5 a 2 na Inter e está a um passo de sua primeira semi final. Mas o jogo começou coma Inter melhor, logo aos 26 segundos, Milito foi lançado e Neuer tirou de cabeça, mas a bola sobrou limpa para Stankovic chutar do meio de campo com o gol limpo, 1 a 0. Mas aos 4 minutos, o Schalke deu a resposta, Raúl cabeceou e Júlio César fez bela defesa. Aos 15 minutos, os alemães empataram, Papadoupolos cabeceou, Júlio César defendeu a Matip empatou, 1 a 1. O jogo ficou aberto os dois time tiveram chances de marcar, e marcaram. Aos 33 minutos, Zanetti lançou Cambiasso, que tocou para Milito desviar para o gol, 2 a 1. Aos 40 minutos, o Schalke também fez, Edu recebeu e chutou duas vezes para fazer o gol, 2 a 2.

No 2º tempo, só deu Schalke, o gol no final motivou a equipe, que deitou e rolou na zaga da Inter, sem Lúcio. A Inter até tentou no começo, com Milito e Eto’o, mas Neuer defendeu. Aos 8 minutos, a virada, Raúl recebeu, girou, protegeu a bola, e emendou para gol, 70ºgol do espanhol na Liga, 3 a 2. Aos 11 minutos, para matar a Inter, Ranocchia tentou cortar o cruzamento, e mandou contra a própria meta, 4 a 2. Eto’o teve a chance de descontar, mas perdeu uma chance de ouro, após o chute cruzado que foi para fora. Aos 16 minutos, o que esta ruim, ficou pior, Chivu expulso de campo. Aos 19 minutos, Jurado chegou a acertar a trave da Inter. Aos 30 minutos, Farfán recebeu e após o chute a bola foi na trave, mas na volta, Edu completou para as redes, 5 a 2. O Schalke segurou o jogo, e está a um passo da semi.

Os jogos de volta acontecem na semana que vem, os jogos que foram na quarta, seram na terça, e os jogas da terça seram na quarta. Três jogos estão quase definidos, olho para Manchester e Chelsea, o jogo mais equilibrado desta rodada.


0 Responses to “Choveu gols nas quartas da Liga”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Categorias

Gabriel Mecca

Mecca Esportes
Para ficar por dentro do que acontece nos esportes no Brasil e no Mundo.

Número de Visitas

  • 161,756 hits

Me segue no twitter

RSS Ocasional

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Ocioso


%d blogueiros gostam disto: